segunda-feira, agosto 18, 2008

Adivinhas Leirienses 2




1 Porque é que o estacionamento em Leiria, se é condicionado por empresas privadas
se chama Estacionamento Público?

2 Um PSP que trabalha para essas empresas privadas que gerem (e lucram com) o estacionamento em Leiria, fardado e após o seu horário de trabalho normal, é um
Polícia de Segurança Pública ou um polícia privado?

3 Será possível que a PSP de Leiria só tenha 2 veículos disponíveis para o patrulhamento?

4 comentários:

Rendinhas e Veneno disse...

A mim o que me preocupa é a indiferença!

Domingo final da tarde....largo da rodoviária-Leiria.....estou à porta da Zara com a minha filha...uns degraus abaixo o amiguinho do Red Fish com o seu ar benzoca e levemente brazonado, vende gelados de qualité a emigrantes franceses sans qualité....as pessoas passam da avenida para o jardim pelo novo caminho empedrado e mesmo no meio da praça o que vejo? um homem estendido no meio do chão...quase falta passarem por cima dele...nada...nenhum gesto....ninguém se detém...a indiferença é total...a minha filha atravessa a rua rapidamente e aproxima-se do homem...tem a cara cheia de sangue e jaz para ali como um trapo inútil como se fosse invisivel aos olhares de quem passa...."é Domingo....o que mais faltava era acudir ao gajo...deve ser da pinga...o melhor é fingir que não vejo"...incrível a falta de solidariedade....chamámos o inem e lá foi o senhor para o hospital não sem me ter deixado um travo amargo na boca!

Anónimo disse...

Pinhel, Nós por cá… passou por aqui e gostou do que viu.
Obrigado e visitem, http://pinhelviva.blogspot.com/
Obrigado e apareçam no Concelho de Pinhel!

Rendinhas e Veneno disse...

Pelo menos ontem lavei a alma....bastante gente no comício do BE na Nazaré mas principalmente,e o que é mais importante, gente interessada!
Voto muito positivo para o Louçã (aliás como sempre) voto positivo para o Fábio Salgado, apesar da inexperiência ao enfrentar a multidão, o miúdo faz-se....
quem não me convenceu foi a Helena Pinto...aquela teoria que as pulseiras electrónicas impediriam abusos de maridos violentos parece-me poesia..também não gostei do facto de se particularizar as mulheres, estou convicta que há-de haver muito homem vítima de maus tratos pelas companheiras mas independentemente disso para mim os grandes abusados são os idosos...esses sim não se queixam nem têm alternativa de vida....

dlim! dlim! disse...

E uma farmácia dum dito privado instalada num espaço dum hospital dito público: - É serviço dum privado ou serviço público?