terça-feira, janeiro 17, 2006

A liberdade passou por aqui... e ninguém notou!



Por estranho que pareça, Francisco Louçã esteve num jantar comício em Leiria, diga-se de passagem que muito concorrido, e os jornais calaram-se muito caladinhos....ainda pensei- bem calhou numa quarta-feira, já não dá tempo para sair no Jornal de Leiria ou no Região de Leiria desta semana-esperei pela semana seguinte e nada de novo....curiosamente os ditos jornais eram pródigos em informações sobre Cavaco Silva e, menos destacadamente é preciso que se note, acerca de Mário Soares e Manuel Alegre...é triste que os jornais que têm uma secção para dedicar às presidenciais, ignorem que existem mais candidatos e nomeadamente cheguem ao ponto de ignorar a passagem deles por Leiria e o impacto que causaram...estes jornais que das coisas mais comezinhas fazem notícia, não me posso esquecer da reportagem sobre uma gralha fugitiva que teve honras de mais linhas do que o BE teve no seu conjunto a propósito das presidenciais....Pois o que me move aqui não é qualquer partidarismo, mas sim a busca pela verdade e ética acima de qualquer parcialidade.Estou cansada dos comentários distorcidos que não são de uma certa imprensa mas são de toda a imprensa....ou não esteja ela na sua quase totalidade nas mão de um grupo conotado com a direita....onde vai a liberdade de imprensa pela qual o meu avô e o meu pai, ambos jornalistas, lutaram? será que em 2006 estão já esquecidos os valores que tivémos como inalienáveis em 1974? andamos para trás como o caranguejo? caímos no obscurantismo... na idade média... estupidificados e vendidos por um salariozinho ao final do mês? lembram-se dos 24 do Diário de Notícias? recusaram submeter-se a uma ditadura, no caso do PC, através dessa sumidade que dá pelo nome "José Saramago"...todos com famílias, filhos....baixaram a cabeça? claro que não! estavam em jogo princípios para eles inalienáveis...princípios que esta imprensazinha medíocre nem sabe o que é...
Terça-feira, 17 Janeiro, 2006

Dama Pé de Cabra


3 comentários:

REDFISH disse...

Se fosse só aí que os nossos locais órgãos de informação falhassem, estaríamos nós em presença "apenas" de uma informação tendensiosa, mas seria um episódio pontual, apenas nesta campanha em que por motivos que decerto seriam muito interessantes de ser escalpelizados, uma vez que de todos os outros candidatos houve notícia, maior ou menor segundo a importância que cada orgão atribuiu aos candidatos ( curiosamente começando em Cavaco em ordem descendente de importância, numa escala em que como vimos só Louçã não encaixa)!!!
O problema é que nas notícias que não são dadas, começam a faltar muitas relativas ao funcionamento normal de instituições locais, que têm particular interesse para o dia a dia dos Leirienses, como por exemplo a Assembleia Municipal, que nos 3 semanários não tem tido nenhuma menção embora já tenham dexcorido pelo menos 3 reuniões e com bastantes alterações para melhor, em relação à AM anterior. (embora algumas práticas perfeitamente anti-democráticas ainda vão acontecendo, graças aos arranjinhos a que os principais ( + votados) partidos engendram!

Dam Pé de Cabra disse...

Só a talhe de foice (sem martelo)não sei se repararam no Expresso da semana passada? Vem na capa uma fotografia do Mário Soares todo encolhido e a coçar a cabeça...num atitude misto Alzheimer e Parkinson...abrimos o jornal e deparamo-nos com uma foto do Cavaco...triunfante..na sua carinha de Action Man(aquele boneco que me aterrorizava as noites quando eu era pequena)....belo sorrizo de prisão de ventre....palavras para quê? é um artista português

Dama Pé de Cabra disse...

SABEDORIA POPULAR



1) Em Janeiro sobe ao outeiro; se vires verdejar, põe-te a cantar, se vires Cavacar, põe-te a chorar.



2) Quem vai ao mar avia-se em terra; quem vota Cavaco, mais cedo se enterra.



3) Cavaco a rir em Janeiro, é sinal de pouco dinheiro.



4) Quem anda à chuva molha-se; quem vota em Cavaco lixa-se.



5) Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão; parvo que vota em Cavaco, tem cinco anos de aflição.



6) Gaivotas em terra temporal no mar; Cavaco em Belém, o povinho a penar.



7) Há mar e mar, há ir e voltar; vota Cavaco quem se quer afogar.



8) Março, marçagão, manhã de Inverno tarde de Verão; Cavaco, Cavacão, manhã de Inverno tarde de inferno.



9) Burro carregando livros é um doutor; burro carregando o Cavaco é burro mesmo.



10) Peixe não puxa carroça; voto em Cavaco, asneira grossa.



11) Amigo disfarçado, inimigo dobrado; Cavaco empossado, povinho atropelado.



12) A ocasião faz o ladrão, e de Cavaco um aldrabão.



13) Antes só que mal acompanhado, ou com Cavaco ao lado.



14) A fome é o melhor cozinheiro, Cavaco o melhor coveiro.



15) Olhos que não vêm, coração que não sente, mas aturar o Cavaco, não se faz à gente.



16) Boda molhada, boda abençoada; Cavaco eleito, pesadelo perfeito.



17) Casa roubada, trancas na porta; Cavaco eleito, ervas na horta.



18) Com Cavacos e bolos se enganam os tolos.



19) Não há regra sem excepção, nem Cavaco sem confusão.



20) De Boliqueime, nem bom vento nem porra nenhuma.



QUEM TE AVISA...JÁ SABES...