quarta-feira, novembro 08, 2006

22 comentários:

Dama Pé de Cabra disse...

D. Fuas Roupinho

A foto refere-se a uma praia conhecida da costa oeste....onde abunda o carapau aberto....o turismo em excesso...as lojas de atoalhados fora de moda e das camisolas demasiado quentes para Portugal....terra de pescadores... boa gente embora um pouco dada ao exagero!
a senhora da foto desmaiou de comoção quando leu no jornal as declarações de um filho da terra acerca do Bloco...e não é para menos...não é o que sujeito em causa alega que aderiu ao Bloco para "unificar" o distrito! imagine-se que nem os orgãos centrais do Bloco nem os orgãos distritais adivinhavam estar o dito sujeito imbuído de tal missão!...ficámos impressionados pelo seu altruismo, ainda para mais que o pretendia conseguir sem nunca pôr os pés numa reunião do BE depois de se tornar aderente....não que o BE precisasse de ser unificado mas isso nem o dito sujeito sabia... conseguir tal missão sem nunca pôr os pés numa reunião pareceu-lhe tarefa dantesca....e foi....o dito sujeito, na mesma entrevista à imprensa alegou que saíu em choque com as estruturas distritais...como será possível conseguir tal proeza se as próprias estruturas distritais apenas o conheceram "en passant" em dois acontecimentos sociais...o primeiro num jantar (onde estava presente a comunicação social) e a outra quando, com algum alarido despropositado, convocou uma conferência de imprensa para comunicar a adesão ao BE....este senhor pode não fazer carreira na política, mas quiçá tenha um lugar cativo no mundo do espectáculo!

Atento disse...

Cara Dama

Vê-se que a Dama nunca foi á pesca numa noite fria, pois se tal tivesse acontecido, veria que os Pescadores não são gente exagerada, antes pelo contrário e levam á risca o que diz o ditado "Quem vái ao Mar avia-se em Terra"

Já agora a discussão sobre o OE foi uma lastima, um deserto de ideias da oposição, vá lá, salvou-se a pergunta do Louçã sobre o tal medicamento para a falta de Ferro no organismo, ao qual o PM não respondeu, de qualquer forma pareceu-me uma oposição refém não sei bem de quê, fraquito muito fraquito mesmo.

Sou
Atento

Dama Pé de Cabra disse...

Enganas-te...já fui ao Choco...bem sei que foi no reino dos Algarves e os pescadores são outros....o exagero não tem a ver com o facto de ser pescador...tem mais a ver com os ares da terra e até lhes fica bem.....

pescadinga de rabo na boca disse...

Os verdadeiros pescadores, diferenciam o peixe fresco do moído.O fresco, tem as guelras bem vermelhas e os olhos brilhantes,não baços.Assim, quem procurar comprar peixe fora da lota, sem procurar conhacer as características do mesmo,corre o risco de comprar peixe,tipo super mercado,daquele que está muito bem apresentado (luzes da ribalta)nas bancadas mas que nos engano com muita facilidade.a esses compradores, nem o milagre da senhora os irá desculpar das indigestões que ainda estão a provocar. ainda bem que hà pessoas atentas, e a madame, como lhe chama o sr. atento, mostra ser mais atenta do que ele, que apesar de atento,não por culpa propria, certamente,se mostra pouco conhecedor das artes em que foi feito o pescado.

Atento disse...

Como não sei por onde começar, porque ou é Pescada ou Petinga, mas como sou do Povo vái de Petinga, realmente pode-se ter as guelras vermelhas e até os olhos brilhantes que a questão não vái por aí, vái antes por não se comprar gato por lebre e não dar uma no cravo e outra na ferradura, porque aí sim a indisgestão vái ser grande e nem uma palete de água das pedras vái resultar.

Atento

pescadinha de rabo na boca disse...

Amigo atento, olhe que nos dias de hoje, o peixe do povo é mais a pescada do que a petinga....de resto entendo que o amigo atento, até está mais atento do que me dava a entender...ainda bem.Quanto à frescura do pescado,acredite,que quem sabe ,vai sempre pelo brilhozinho nos olhos e o aspecto das guelras. Os meus cumprimentos.

Et Nereda Esab disse...

Cara Daminha,
Espante-se os meus olhos de ver que a única página da internet do distrito divulgada no portal esquerda.net, é do Núcleo da Nazaré. Espante-se os meus olhos de perceber que Sequeira em Sequeira deu em cegueira, talvez de Mendes, ou o crónico conflito de proximidade com as Caldas.

O problema de Leiria, mais do que vaidade é incapacidade, de perceber que o que nos une são causas e não cadeiras. A responsabiliade das conciliações deve passar obrigatoriamente pelos responsáveis eleitos, tendo os mesmos, que em qualquer circunstância parar de promover "vendetas" inconsequentes e fracturantes... pena é que este aspecto latino esteja agora confinado unicamente em algumas ilhas mediterrâneas (Córsega, Secilia,...), pois os problemas estariam agora resolvidos nem que fosse à lei da bala.

A junte-se a demissão do membro da Assembleia Municipal da Marinha Grande em roptura com o sistema, junte-se a meteórica adesão e demissão do individuo da Nazaré, e ficamos todos com um bocadinho de esperança que tudo vai bem no Bloco de Leiria.

Saudações latinas ou a ode dos Patos Bravos.

Leiria em Cuecas disse...

Meu Deus, o sistema!
Não posso, nem devo meter-me em querelas pessoais, a vulgar dor de corno, que é compreensivel mas não pode servir de justificação para tudo, muito menos para ser notícia de jornal. Como dizia o poeta "para entrar ou para sair temos sempre a porta aberta", e "partir é morrer um pouco", ou "só fazem falta os que cá estão", ou, digo eu, partir é desistir, e ouvir e saber ouvir são atitudes bem mais inteligentes do que ter sempre razão. Para quem fica , a tristeza de que todos não somos muitos para derrotar o inimigo. Para quem escolheu outro caminho, boa sorte e até mais ver!!
Por isso, Cara Dama e misterioso latinório, deixem-se de tretas e discutam política à séria.

Redfish

et nereda esab disse...

Não se transforme o peixinho em tubarão, ou em definitivo teremos animais de penas a voar bem alto. Os "Patos Bravos" andam aí com toda a sua cagança e pujança...
É percisamente para se continuar a falar de política que o Francisco Louçã (?) escolheu tão ilustre figura para seu mandatário distrital, foi profudamente poético ler e ouvir tão ilustres discursos de sinistra figura... de onde apareceu tão distinto exemplar avícola.

O problema da liderança no bloco, leia-se a Vossa liderança, ás vezes bicéfala com o aviário das Caldas, é percisamente não discutir política e mais grave ainda, não apresenatr um conjunto de políticas para o distrito.

Até lá, com desenvolvimentos lá para o meio de dezembro, aguardamos todos solenemente que o avário continue a produzir ilustres espécies avícolas.

Por esse motivo é que eu continue a preferir carapau, nem que seja aberto e seco produzido na Nazaré, as penas não são definitivamente o meu forte.

Dama Peripatética disse...

Caro "Chairman" ou et nereda etcetera e tal

Não vejo em que é que a sua opinião poderá ser diferente da minha pelo menos no que se refere ao que nos une...também sou da opinião que são causas e não cadeiras, agora quanto ao que nos desune não entendo quando refere problemas de vaidade em Leiria não 'tou mesmo a ver mas o camarada lá saberá ao que se refere......também não percebo onde quer chegar com "vendettas" fracturantes....serei, confesso, uma cabrinha ingénua mas para mim as coisas não chegam a esse ponto...em todo o caso já que quem tinha uma grande necessidade de protagonismo deixou de fazer parte do clube esperemos que se avizinhem tempos mais calmos....e penso que a "tarefa" de unificar não cabe às estruturas eleitas...na verdade acho mesmo que nos orgulhamos de ser diferentes uns dos outros como água e azeite....importante é juntarmos forças para um projecto comum, que procuremos uma identidade na nossa diversidade e que ter um objectivo comum é uma questão de sobrevivência e de bom senso que tem de partir de cada um de nós e não das estruturas eleitas....fala em vendettas mas o que parece que o camarada queria era um padrinho para tomar conta de nós!

Dama Pé de Cabra disse...

ODE À CONDIÇÃO FEMININA

Caro redfish,

Lamento ter-me deixado empolgar pela minha condição feminina (cora envergonhada) mas sempre que posso ponho-me num cantinho a tricotar delicadamente e a murmurar de minha justiça com uma língua mais viperína que uma Mamba africana....em todo o caso, também graças a essa condição, sou maternalmente conciliadora e prometo, até à próxima, não voltar a personalizar ataques directos a ninguém que valha a pena! (cross my heart hope to die)

Dama Pé de Cabra disse...

Para a nova espécie de peixe, a pescadinga de rabo na boca, só posso dizer que a sua apreciação está um must....sem mácula....acertou na mouche....espero que nos continue a visitar e a brindar-nos com análises tão lúcidas como esta!

Et nereda esab disse...

Cara Daminha,
Obviamente que a nossa grande virtude é a pluralidade de origens, que permite juizos diferentes e lógicas argumentativas enriquecidamente divergentes, tudo normal até aì.

O problema está precisamente na origem da conflitualidade e divergência, é que ela em Leiria, em todo o caso, não tem tido origem no debate político (entenda-se ideológico ou argumentativo), mas unicamente em relações pessoais, ausência dela ou mesmo em diferentes barricadas ou trincheiras virtuais.

Carissima, por "Vendetta" entende-se todo e qualquer conflito entre "familias", alimentado pelo principio "Olho por Olho". Trata-se unicamente na defesa do nucleo enquanto estrutura, não interessa saber o que se defende, mas quem se defende. Esta é a grande batalha que temos que conseguir vencer dentro do Bloco, e isso passa obviamente por começar a discutir UNICAMENTE POLÍTICA...Responsabilidade quase exclusiva das estruturas eleitas.

Eles andam aí e até ja mandam, ouve-se o seu grasnar embravecido, ò pato que já voas tão alto...

Dama Pé de Cabra disse...

"Tudo Bons Rapazes"

Nota:Ficha técnica: do nome original "goodfellas" filme de Martin Scorcese de 1990 sobre a Máfia numa cidade dos EUA


E o camarada a dar-lhe! vê-se que partilha com o Louçã o gosto pelo filmes sobre a "cosa nostra"...com a diferença que ele usou a terminologia para comparar a máfia à classe empresarial portuguesa, enquanto o camarada prefere usar a expressão para classificar os seus camaradas de partido....assim não vamos lá! quer então dizer que o foco de todo o mal está em Leiria e que todos os outros núcleos são constituídos por anjos papudos com asas e tudo? é assim que pretende discutir política? é assim que pretende apostar na unificação? posso-lhe pelo menos assegurar que em Leiria não se conspira na sombra e que as reuniões estão sempre abertas a quem quiser participar, independentemente do núcleo a que se está agregado.... se o camarada prefere ficar pelas termas da rainha a tecer considerações sobre barricadas virtuais é lá consigo...eu se fosse a si de vez em quando voava até cá...uma coisa é ouvir relatos de outros patos que voaram alto de mais e bateram com a cabeça nalguma nuvem passageira outra coisa é participar livre desses preconceitos que lhe tolhem o foie gras....e pode ficar descansadinho....a época de tiro aos patos ainda não começou!

Dama Pé de Orelha disse...

Caro Pato Donald,

Só mais uma coisa....anda tão distraído com os seus altos voos que até cometeu uma gaffe ao identificar o peixinho como mandatário distrital do Louçã...é que o mandatário, curiosamente, não era do núcleo de Leiria mas sim da Marinha Grande

Atento disse...

Fazendo um intervalo nos posts das disputas internas do BE local, gostava de por á discussão e a propósito do livro que foi lançado hoje do PSL, a seguinte questão, foi benéfico para os trabalhores e para a esquerda em geral a demissão pelo Jorge Sampaio, do governo do PSD?


Atento

irascível disse...

Caro atento,
independentemente dos ataques aos direitos sociais que todos estamos a ser vitímas,não coloco sequer a mais remota possobilidade de que a dissolvição da Assembleia pelo Sampaio, foi um erro.Pelos vistos o amigo atento ainda tem dúvidas...Volta Pedro que estás perdoado? triste sina a nossa...

Atento disse...

Caro Irascivel

Nem volta Pedro, nem volta Barroso, o que eu digo é que esta dissolução apanhou o PS sem uma alternativa séria ao Socrates, alternativa á esquerda dentro do PS, está bem de ver. E tenho para mim que o Anibal dos elefantes manobrou e bem o Sampaio para a dissolução, o que teria acontecido se não se tivesse nomeado o PSL para 1 ministro e tivesse havido eleições?
Atento

Dama Pé de Cabra disse...

Esquecem-se que o Sampaio e o Aníbal nunca foram nem de perto nem de longe companheiros de alcova...além disso não recoheço competência ao Aníbal para manobrar o Sampaio....para mim não havia alternativa...dirigentes assim ridículos por um lado e perigosos por outro é mais apanágio da América Latina...tinha-se que pôr um ponto final e o Presidente usou de uma prerrogativa que lhe assiste...

irascível disse...

Bom...o amigo atento,desta vêz, fáz outra abordagem, obrigando-me a ir ao seu encontro.
Efectivamente, houve tal sincronização de interesses,que,a ser de outra maneira, nada garantiria a maioria ao PS.Por fim, penalizo-me por ter entendido mal o nosso amigo atento no que diz respeito ao regressa Pedro que estás perdoado.Também eu espero ser perdoado pelo meu feitio irascível.

Leiria em Cuecas disse...

Eu desta vez não estou de acordo com ninguem! O senhor ex- presidente J. Sampaio mandou o pedro Santana e o seu governo de frosques, e muito bem, digo eu, mas o grande erro foi ter deixado o Pedrinho formar governo, pois não tinha a menor legitimidade para isso. Quando o Barroso se pôs em fuga para o tacho europeu, o correcto teria sido o Dr. Sampaio dissolver o Parlamento e convocar eleições antecipadaS, mas nessa altura o PS não estava em condições de assegurar uma maioria absoluta. é assim que eu vejo as coisas... e acho que não me engano muito!!!
Ah! É verdade que o Cavaco deitou lenha na fogueira onde ardeu o Pedro, mas caho que foi mais em interesse próprio para se demarcar dele, porque já estava escrito nas estrelas que seria ele o candidato ideal para as Presidenciais.
Saudações

Redfish

Leiria em Cuecas disse...

o que se deve fazer em relação ao estádio de Leiria e á leirisport?

cuecas na mão