quinta-feira, maio 29, 2008

Não quero ser exagerado...mas são do pior que já tivemos!



É verdade! Pensava eu que não poderia fazer pior, e Sócrates prova-me o contrário!
Eu já me vou habituando à falta de cultura democrática da nossa presidenta da câmara, que tem um odiozinho de estimação pelo BE que muito nos orgulha - preocupante seria se gostasse de nós, digo eu - quando, em plena Assembleia da República, o 1º ministro desta linda Nação, se vai passando dos carretos, grosseiramente, sem sequer reparar na enorme quantidade de diatribes, falsidades e baboseiras que debita, e que só não ganham maior relevo,porque temos uma imprensa domesticada ( com honrosas e distintas excepções)que o vai protegendo, mostrando muito pouco do que ele é, do ponto de vista do debate político. Já aqui foi lembrado o célebre " você não tem idade nem curriculum.." para Louçã. Pena é que a domesticada imprensa não tenha depois com o mesmo critério, mostrado o curriculum dos dois, pois quanto a idade, Louçã é mais velho, fácil de averiguar. É como comparar uma reserva especial de um muito bom vinho, com vinho a martelo, como li no blogue Ruptura Vizela, com muita piada.

Não querendo ser lembrado pela sensatez, ainda não passavam 15 dias e lá esteve (hoje) ele completamente descompensado a chamar "mentiroso" ao mesmo Louçã, por este ter dito que João Proença, distinto sindicalista - mor da UGT, que negoceia na Concertação Social com o Governo as alterações ao Código Laboral, é ao mesmo tempo um dos quadros dirigentes do PS, que anda pelo país fora a promover o dito Código junto dos militantes socialistas. O mais triste desta história, é que é mesmo verdadeira e o mentiroso é o muito mal educado 1º ministro da Nação.

Clique aqui se quiser ver um pouco do debate!
Acabo como comecei. O Leiria em Cuecas é um blogue solidário com o boicote às principais gasolineiras. Dou o recado: usando o mercado abasteça noutro lado! BP, GALP, REPSOL, vão roubar para a estrada!
Redfish

domingo, maio 25, 2008

sexta-feira, maio 23, 2008



Temos homem, terão pensado. Quase que acertavam. Em vez disso, foram a Fátima pedir milagres. Mas desde a morte de Lúcia as coisas já não sao tão simples. Os milagres já não são o que eram ( não , não estou a referir-me aos Milagres da ribeira, essa continua na fossa, não há milagre que lhe valha), os milagres estão pela hora da morte, aliás como tudo em Portugal, e diz o homem para se justificar perante quem o verbera e critica, também nos arredores,o que muito condiciona o luso desempenho, que não há milagres que salvem, como já havia sido dito acima, e o homem que pensavam ter encontrado, é, não só um fala barato, como um incompetente irritadiço de cariz autoritário. Em suma, não têm homem, ele é que os lixa a todos, e a mais quem o deixar fazê-lo.
Aliás os resultados estão à vista para todos menos para o homem e os lambe-cus que o rodeiam. Portugal é o Estado-membro da União Europeia com maiores desigualdades sociais. Um Relatório sobre a Situação Social na União Europeia, apresentado nesta quinta feira em Bruxelas, apresenta Portugal como o país da UE com maiores desigualdades sociais. Segundo o relatório, em Portugal há mais de 2 milhões de pobres, que vivem com menos de 10 euros por dia. O relatório salienta que, em geral, a distribuição de rendimentos é mais igualitária na Europa que nos Estados Unidos. Com uma excepção: a de Portugal, o único estado da UE com maiores desigualdades do que os EUA.





Ça c'est la vie en rose!


Redfish

quinta-feira, maio 22, 2008

Vale a pena recordar

A todos os que acham o Sócrates e o seu governo uns vendidos ao capitalismo mais poluente, pacóvio e reaccionário.






segunda-feira, maio 19, 2008



Se não podes tirar com a esquerda, rouba com a direita. Ou a história do vendedor que tentava impingir um fato que custava 100 €, 60 o casaco e 40 as calças. Mas, dizia ele, eu faço-lhe um preço mais em conta: 50 o casaco e 50 as calças. Não quer? Então esta é a minha última oferta:

30€ as calças e 70 o casaco...e por aí fora.


É o que pretendem fazer os municípios! Confrontadas com a nova Lei dos Serviços Públicos Essenciais, que proibe a cobrança de tarifas de aluguer dos contadores de água, electricidade e gás, as autarquias substituiramessa tarifa por outra com outro nome, contotnando a lei e mantendo as verbas cobradas inalteradas, com prejuízo dos cidadãos.

O secretário de Estado da Defesa do Consumidor aconselhou os consumidores a protestarem contra esta taxa. Mas a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) afirma ter recebido um documento da mesma Secretaria de Estado a aprovar a taxa (se quiser saber mais clique aqui).


Em Leiria, os SMAS não são pecos em cobrar, pese embora os medíocres serviços que prestam e as inúmeras queixas que são feitas à qualidade da água que consumimos.

Que farão os Leirienses? Irão daí lavar as mãos, como Pilatos, ou dirão "desta água não beberei"?


Redfish

domingo, maio 18, 2008

Visões diferentes.


Quando pela noite dentro te pões a olhar o mundo deparas com outros olhares, diferentes, exigentes, actuais. Cliqa aqui e acede a um deles.

sábado, maio 17, 2008

Aqui há farturas!

Pois é , há farturas mas cada vez há menos fartura. Leiria desdobra-se em festas. As da cidade, e as da Academia, sendo que estas à falta de tradição, importam as de outras mais antigas, sem critério, sem inovação, sem alma própria. Estas festas académicas de Leiria são um aborto, que todos os anos se repete, onde o mau gosto se cruza com a pirozeira e destronam qualquer tentativa de enquadramento estético mais compatível com o estatuto que os futuros "doutores" irão exigir da sociedade: resumindo, serão doutores, mas culturalmente néscios. Todas as generalizações pecam por excesso, que me desculpem todos aqueles que não se revêm na pobreza destes festejos, que neste fim de semana culminam com a benção das pastas. Amén!

A cidade festeja-se com mais tradição, mas com a mesma falta de gosto. Há a feira, com os inevitáveis carróceis de música estridente, cada vez mais velozes e de mais duvidoso gosto.
As farturas, o algodão doce, as tendas com bugigangas, cada vez menos tradicionais e mais made in china, sinal dos tempos e do apimbalhamento da nossa sociedade. O que era popular, patusco, ingénuo, mas genuíno, desapareceu para dar lugar ao patético exemplar do mau gosto globalizado. Já não há pachorra.

Este Maio pródigo em chuva, 40 anos após o Maio de 68, traz-nos outras barreiras que temos que derrubar. Senão, serão os nossos sonhos que irão por água abaixo. Mesmo pagando nós o que
não devemos pagar. Ou talvez por isso, por já não nos indignarmos com estes abusos.

Redfish

sexta-feira, maio 16, 2008

É só fumaça!!

Sócrates, o engenheiro da Maioria, fumou num avião. Vários cigarritos. Se tem autorização da família, não veria mal nenhum nisso, mas o problema é que ele lidera um governo que decretou uma série de proibições relativas a locais de não-fumaça, onde estão incluídos, além de outros meios de transporte, os aviões.





Sócrates pediu desculpa, como lhe exigiram alguns portugueses mais exaltados. Mas ainda fez mais, com aquele brio populista que todos lhe reconhecemos, aproveitou para anunciar que "Vai deixar de fumar"! Bom menino!








Cavaco, o senhor Silva, ficou angustiadíssimo, quando soube que Sócrates era fumador!
"É de facto um mau exemplo para o país- disse ele quando soube- qualquer dia, a continuar assim, ainda o apanham com gajas"!!


Para mim, a boa notícia, é que Sócrates, tomou consciência que fumando procedeu mal e por isso vai deixar de fumar; assim, nós só temos que lhe mostrar a porcaria que está a fazer como primeiro ministro, que ele, coerentemente, com toda a certeza, irá demitir-se.

A bem da Nação!


PS- O que ele está a ver, é se se livra da multa!!

Redfish

quarta-feira, maio 07, 2008

Viva a Primavera

Estamos na Primavera. Tempo para lembrar outra Primavera, a de Praga. Tempo de sonhos, esmagados pela força das tropas soviéticas. O socialismo esmagado por aqueles que se queriam donos do socialismo.
Ler aqui

terça-feira, maio 06, 2008

Questão pouco pacífica?


É verdade e confirmo para que se saiba. Não é mesmo o meu género. O que não impede que
mesmo sendo uns "paz de alma", a violência venha ter connosco, da forma mais estúpida possível, inadvertidamente, sem a procurarmos.
Pode o senhor Paulo Portas pedir polícias às dezenas, centenas, que o problema não se resolverá.
A sociedade está doente. A violência está em cada cidadão, latente, porque a vida nesta sociedade se tornou uma agressão permanente contra as pessoas, oprimindo-as, afastando-as cada vez mais do bem estar, da hipótese da felicidade, tornando-nos amargos, ferozmente tristes, revoltados sem discernimento, irracionalmente violentos. Um presente sem perspectivas de futuro, poderá trazer algo de bom?
Este domingo, dia da Mãe para os católicos, em Leiria, em plena luz do dia, eu e a minha amada esposa e companheira de muitos bons e alguns maus momentos, fomos perseguidos por um cidadão que nunca víramos, que acabou ameaçando-me de morte, sem que haja um motivo que explique este comportamento, para com pessoas que não conhecia, que nunca lhe fizeram mal, nem em pensamento, para justificar tal manifestação de ódio.
É claro que apresentei queixa à Polícia. Não espero grande coisa, mas reconfortou-me o facto de o ter feito, embora o medo que eu senti durante os minutos que estivemos sujeitos às acções do homem ainda esteja bem presente na minha memória. Qual a solução? A do sr. Paulo Portas, a pedir mais polícias? Assim teria que ser um polícia para cada cidadão!!
Ou a mais difícil, que é lutar por uma sociedade mais justa, com menos desigualdades e onde os cidadãos não se sintam excluídos do que a vida tem de bom, e que hoje, cada vez mais, é uma miragem inalcançável para a grande maioria das gentes, até dos que ainda ousam sonhar?

Redfish

sexta-feira, maio 02, 2008

MAIO 68


JÁ PASSARAM 40 ANOS ?

DIA 10 VAMOS A LISBOA ! VAMOS FALAR DO MAIO 68 !

CLICAR AQUI PARA VER O PROGRAMA