quinta-feira, setembro 15, 2005



Cuequinha Fio Dental said...

Apesar de concordar que não será de maneira alguma uma prioridade esses ditos “transportes públicos” que levem os jovens das e para as discotecas, queria apenas sublinhar as demasiadas mortes nas estradas por culpa do Não-Sei-Quantos que ia alcoolizado mas os outros quatro que iam no carro com ele e não tinham carta e estavam sóbrios e ainda os outros cinco que iam no carro contra quem o Não-Sei-Quantos bateu que também estavam todos sóbrios e nenhum deles teve culpa que esse jovem Não-Sei-Quantos tivesse bebido e não tinha hipótese de voltar para casa de outra maneira, provocando assim dez mortes (9 sóbrios e o Não-Sei-Quantos alcoolizado).
Quero com isto dizer que essa medida não seria de todo despropositada se Leiria fosse uma cidade que estivesse coberta por uma boa rede de transportes públicos (na cidade e zona periférica) que levasse os jovens de casa à escola e vice-versa, para poderem ter educação cívica. Pois a culpa dos jovens de hoje é que os Paizinhos em vez de os educarem para que estes sejam jovens responsáveis, que cumpram as normas de condução e respeitam a liberdade uns dos outros, vêm criar medidas em que andem os pais dos outros a guiar autocarros para levar os filhinhos alcoólicos para a (e citando as palavras da Dama Pé de Cabra) “movida” nocturna! Óptimo para os Paizinhos dos filhos alcoólicos, pois têm a certeza que estes não vão matar ninguém pelo caminho, e óptimo para quem propõe esta medida, que vai ter imensos votos desses alcoólicos todos!
Ora quero com isto dizer que em vez de ser educarem mentalidades, para que amanhã Leiria seja uma cidade de pessoas inteligentes com ideias inteligentes, criam-se medidas para apoiar a perfeita estupidez que é incentivar os jovens ao alcoolismo: “Jovens não se preocupem, podem continuar uns perfeitos alcoólicos que haja alguém que vos traga e leve para as discotecas e no fim da noite vos deixe também em casa”. Isto é muito MAIS e MELHOR do que qualquer jovem de cueca borrada sonhou ter na vida: Durante o dia, Centros Comerciais à força toda para gastarem o dinheiro aos Paizinhos e à noite borga com chofer e tudo! Isto é que é Qualidade de Vida!

21 comentários:

Dama Pé de Cabra disse...

Lembrando de novo o Katrina

Enquanto o Bush demite 'a pressa Michael Brown da direccaodo FEMA - Federal Emergency Management Agency - depois do trabalho miseravel que este fez (ou nao
fez) em New Orleans, as criancas resolvem dar a ajuda que podem: limonada por 25 centimos - "100% dos lucros vao para as vitimas do Katrina".

Bush demitiu Brown apesar das estupidas palavras proferiadas durante uma visita ao Estado da Louisiana citadas em centenas de media por aqui "Brownie, you're doing a heck of a job,". "Brownie" e' "short" para Brown...

Ultimo horror: uma semana depois do furacao, foram encontrados 45 corpos num hospital en New orleans. Medicos e enfermeiros tentaram manter os pacientes vivos, apesar da falta de energia e da agua ate' 'a cintura. Uma operacao de salvamento dos doentes por helicoptero foi interrompida por tiros.

( retirado da edicao de 13 Setembro 2005 do Austin American Statesman).

Dama Pé de Cabra disse...

Observação para Fantasma Mijão

Nunca pensei adaptar-me a ninguém...cada um tem o seu estilo...em relação ao dia europeu sem carros só serve para deitar poeira ecológica aos olhos dos mais inocentes....o trânsito só é interrompido no Centro e em determinadas zonas de Leiria nem se dá pela diferença...acaba sim por atrapalhar mais do que representa algo de positivo para a população....pequena correcção em relação aos parques periféricos que conheço...são efectivamente gratuitos, se não contarmos com a moeda para o arrumador, refiro-me ao parque onde se realiza o mercado e ao do nosso "estimadíssimo" estádio...só mais uma coisinha, para mim não existem verdades insofismáveis e se foram "insulfláveis" passam a ser mentiras!!!

cuequinha fio dental disse...

Eu só gostava de saber para que serve a Semana da Mobilidade, em que o trânsito estará fechado apenas no Centro da Cidade, se os comodistas dos habitantes desta inteligente cidade se recusam a andar a pé. “Ponha-se a andar” que faz muito bem à saudinha! À sua e à dos outros que escusam de respirar monóxido de carbono em quantidades completamente desmesuradas! Acho que ninguém está aqui a dar importância à vertente ecológica da coisa (ainda que esta esteja muito bem disfarçada e que surja em alturas muito oportunas, sabe-se lá porquê..). Ora pois então eu queria sublinhar a ideia que se não queremos passar 30 minutos a arranjar estacionamento no centro da cidade, se os parques de estacionamento que deveriam ser gratuitos (quanto mais não fosse para os moradores) não o são, se toda a gente em Leiria precisa de respirar e se as mãezinhas precisam de espaço para passear os carrinhos de bebé, os putos de espaço p’rós skates, patins, bicicletas (que vieram dar um novo uso à maravilhosa fonte de betão/mármore/o-que-quer-que-seja), eu gostava de saber porque é que estes “ses” não são acompanhados com projectos de raiz como ouvi alguém a dizer um dia destes que tudo seria facilmente resolvido se houvessem parques gratuitos na zona periférica e transportes públicos que transportassem as pessoas de e para o centro. Pois bem, e eu AFIRMO que isso já existe (e agradeço à Dama Pé de Cabra por relembrar essa questão da moedinha ao arrumador, mas isso é uma outra questão que também teria pano para mangas). Existe o parque do belíssimo monumento que os ingleses vêm a Leiria para visitar (o estádio) e o parque onde se realiza o mercado. Acrescento, porque eu sou uma cuequinha ecológica, que há autocarros que passam de 15 em 15 minutos (tempo real), desde o estádio/mercado até à Fonte Betonizada (ex-Fonte Luminosa) e que as pessoas só andam de carro na cidade, porque são comodistas e não querem mexer o rabinho para andar 10metros do estádio até à paragem de autocarros, porque são imensamente ricas e adoram pagar parques de estacionamento no centro da cidade, porque adoram perder o tempo em que estariam à espera do autocarro a chamar nomes ao outros condutores porque lhes ocuparam o lugar que tinham visto há 10 minutos primeiro. Haja civismo, educação, moral e paciência!
Para concluir, subscrevo o senhor fantasma de cueca mijada, que também acho muita piada (embora não dê para fazer chichi na cuequinha) que se isto da Semana da Mobilidade é um “Ensaio sobre o centro de Leiria se tornar pedonal” (único ensaio não escrito por José Saramago) então também quero saber porque é que existem parques dentro do centro se não vamos andar lá de carro…

Fantasma Mijão disse...

Dear Lady With the Cloven Hoof…as you know a being endowed with magical powers appears one fine day on top of a hill to Don Diogo, a brave knight who fights the Moors and is also a lover of hunting and the pleasures of life. Don Diogo is so taken with the Lady's beauty that even when he finds out her weird foot he has no second thoughts about marrying her… poderia muito bem ser o início de uma nova lenda, mas nem este Fantasma Mijão será o D. Diogo, nem a Dama Pé de Cabra que por aqui aparece será um ser mágico. Apesar desta introdução nada ter com o Alexandre Herculano, também este Fantasma Mijão quer ou pensou que alguém se iria adaptar a quem ou ao que quer que fosse, sendo também defensor do princípio da reciprocidade, acredita no contrário, tal como D. Diogo acreditou na sua amada.
Resulta daqui que a passagem deste Fantasma por esta plataforma de troca de ideias é apenas fantasmagórica, e como tal não alimenta diálogos…os fantasmas não existem no mundo real, apenas referiu os ilustres nomes de quem por aqui se digna a deixar a sua impressão digital, com o respeito que merecem. Surpresa das surpresas ou este blog é curto…ou este blog é pouco interessante. E digo isto porque apesar da sua declaração inicial de ideias parecer um projecto com alguma graça, o certo é que se arrisca a ser um nado morto (mesmo sem o referendo sobre o aborto que o nosso primeiro tem vindo a prometer) porque são sempre os mesmos a escrever…e sempre a bater nos mesmos ceguinhos.
Fica o agradecimento pelos reparos Dama Pé de Graça, digo Cabra, que por si só vieram esclarecer algumas dúvidas que me tinham ficado sobre o que foi escrito sobre os parques de estacionamento a pagar, afinal há parques de estacionamento gratuitos…provavelmente não voltarei a insulflar qualquer verdade insofismável ou quem sabe por que não absoluta, por estas paragens…e já agora cara cuequinha fio dental...apoiado! E porque não...reparo que o estádio é um espinho atravessado...mas deitá-lo abaixo...tão depressa não haverá dinheiro para outro, já que nem há para acabar o que falta...e depois o importante uma espécie de ópio do povo...e o football? o povo tem de libertar um pouco as suas ansiedades...a quem iriam insultar? passariam a carregar as suas angustias e a dilui-las na família, no emprego, no trabalho...sei lá. E como é que teriamos arguidos no caso "apito dourado"...até o Marques Mendes cancelou a sua intervenção agendada par adia 17, porque Leiria anda demasiado nas bocas do mundo ( acho k se enganou quando disse Leiria, parece-me que se queria referir a outra pessoa ). Talvez não seja a melhor solução deitar abaixo e como disse Lavoisier, na natureza nada se perde tudo se transforma...harmonizar o estádio com a cidade, rentabilizar, não só de forma financeira mas tentando caracterizar o estádio como um instrumento ou um meio que permita aos leirienses e a toda a gente que dele pretenda usufruir, desde o desporto à cultura ou aos espectáculos, rentabilizar aquele "mono".

Dama Pé de Cabra disse...

Pissing me of....

My my...such a well spoken ghost you are....to retrieve my previous dignity I have to inform you that I d'ont have any magic powers...only a plain and simple pact with the devil...
Apesar do amigo Mijão não alimentar diálogos, presumo que não leve a mal que eu mantenha um monólogo consigo...lamento que ache o blog pouco interessante, afinal somos nós que o fazemos e cabe-nos a nós mante-lo vivo, crítico e irreverente qb....fazer uma investida e fugir é abandonar a luta antes do começo..give us a try will you? e depois pode falar de tudo o que lhe passe por essa cabeça mijona...

Cavaleiro Andante disse...

Ao ler a comunicação social tropecei numa notícia sobre o presidente da Câmara Municipal da Chamusca, que no passado dia 6, compareceu por iniciativa própria, ao que consta na notícia, na PJ de Leiria, como consequência da má gestão financeira exercida na câmara a que presidia e ainda preside, sendo candidato pela CDU ás próximas eleições. Os factos para aqui não relevam, pois tem-se como certo contas bancárias com saldos negativos, atrasos nos pagamentos à ADSE e Caixa Geral de Aposentações, dívidas a fornecedores, aplicação de fundos comunitários em áreas indevidas, caindo sobre este responsável ainda a suspeita de dupla facturação. Enfim, a oeste nada de novo. Confessou todas estas irregularidades, e diz este cavaleiro que qualquer um pode cair em erros. Alguém que nunca tenha errado que atire a primeira pedra. Este exemplo de autarca repete-se por este país fora, infelizmente a suspeita de que o flagelo do desiquilíbrio orçamental afecta a maioria das câmaras confirma-se. Lamentável é o facto de não ser posto a nú, mesmo sem cuecas, esta realidade, as contas das câmaras. Falamos da gestão do nosso dinheiro, nós povo contribuinte, uns em cuecas outros já de tanga, num regime fiscal já de si desajustado, e da (ir)responsabilidade tanto dos governantes, como neste caso, dos autarcas. As câmaras não são órgãos fáceis de gerir, são monstruosamente complexos e ineficazes enquanto ramificações de poder administrativo. Na grande maioria das situações os candidatos sustentados ou apoiados pelos diversos partidos do nosso universo político, sim porque Portugal tem um universo político, caso não tenham dado por isso, não têm a preparação necessária para administrar. Digo administrar, consciente do verdadeiro sentido da palavra. Desengane-se quem pensar que um presidente de câmara é um político, muito menos um governante, é apenas um administrador a quem é atribuido determinado território para administarar, e como administrador que é deveria exercer o seu cargo de forma exemplar. Não tendo competência, deveriam ser exonerados dos cargos, e não ficarem, como no caso do presidente da câmara da Chamusca, no exercício cargo e ainda ser dada a possibilidade de se recandidatarem. É certo que a suspeita não serve para tornar sustentável qualquer culpa, terá de ser provado, mas no entretanto a suspensão do cargo deveria ser exigível. Brandos costumes.

Azul Cueca disse...

Ainda o Katrina

Caríssima Dama, registo com agrado a sua preocupação em trazer a este estendal as novidades do novo mundo. Fica sempre bem estender por aqui uma cuequinha de stars and strikes. O grande responsável pelo que não aconteceu no socorro às vítimas do furacão foi o governo federal, ou seja a incompetência, ela própria, donde sobresai o incompetente-mor George W. Bush. Qual verdade palaciana, este mesmo incompetente assume a responsabilidade pela reconstrução das áreas devastadas pelo Katrina, a qual foi orçamentada em muitos milhões de dólares, cerca de 200 mil milhões. Aqui sim é que a reconstrução é o investimento mais construtivo, porque numa das suas poucas visitas a New Orleans, GWB prometeu apoio estatal às iniciativas do sector privado com vista è reconstrução. Business, digo eu, vai haver “negócio certo” para alguns. Ao que se sabe New Orleans era uma cidade com condições miseráveis, de forte tradição de pobreza, onde vegetavam os descendentes dos antigos escravos. Mais de 100 anos se passaram, mas o futuro continua negro.

Dama Pé de Cabra disse...

O Kamikaze

Grande movimento em Leiria....está a ter lugar uma contecimento nunca visto nos anais desta cidade...temos um bombista metido dentro de uma auto-caravana mesmo estacionadinho à porta do tribunal....grande aparato policial....o parque de estacionamento (a pagar) completamente vedado...se efectivamente o senhor, que segundo consta é ou foi sub chefe da polícia da Marinha Grande, tem lá alguma bomba (este facto está por apurar ) consegue de uma assentada só, explodir com o tribunal, a Segurança Social e a Câmara ...sendo que Portugal é o país de brandos costume que o Cavaleiro Andante fala, parece-me que será só fogo de vista...afinal não temos tradição do departamento dos Kamikazes...toda eu tremo só de pensar que passei rente ao trbunal e arrisquei o meu pêlo e mais que isso o meu pé...aguardemos as cenas dos próximos capítulos

O Presidente da Câmara da Chamusca não fez mais do que a sua obrigação, dar a cara ao manifesto, errou..admitiu que errou e ainda mais, pediu para quem nunca errou atirar a primeira pedra....ora onde é que o Senhor Presidente da Câmara proferiu as fatídicas palavras? na polícia está bem de ver....e com o passado da polícia nesta nossa terrinha, devem ter-lhe dado razão...pois com certeza...todos nós somos humanos e errare humanum est....
Agradeço à cuequinha internacional (cuequinha azul) a menção ao Katrina, parece que temos andado demasiadamente ocupados a olhar para o nosso pequeno umbigo e não nos temos preocupado com o que se passa por este mundo fora

Cuequinha Fio Dental disse...

Casos X-Files (Ficheiros Secretos)

Começando quase com a cuequinha mijada de tanto rir (isto afinal pega-se).. Então não é que vim ler esta coisa das cuecas sujas de Leiria e reparei nesta "notíca escandalosa" do kamikaze...Saí à rua com a minha veia de cusca/intrometida/cidadã-parvinha-comum às 00h e não vi absolutamente nada à porta do tribunal.
O bombista maluco evaporou-se? Explodiu tudo e eu nem vi um estilhaço? O que se passou afinal?
Depois decidi vasculhar nesta bela ferramenta chamada Internet: Sic Online, Portal Iol, Jornal de Leiria, Região de Leiria, Diário de Leiria (passo publicidades) e não encontro absolutamente nada sobre este misterioso caso do senhor com "Síndrome Bin-Laden".
Realmente sei que isto não foi uma miragem da sôdona Pé de Cabra, pois agora me recordo que vi escrito qualquer coisa de raspão num qualquer telejornal.
Ora pois chego à conclusão que o dito cujo senhor devia ser de tal maneira importante que isto foi tremendamente abafado e amanhã ninguém se vai lembrar de nada..
Assim como reparo que certas coisas são tão esquecidas e apagadas das memórias do Leirienses, como por exemplo outra bela senhora (que de cabra não tem só o pé) que gosta muito de apitos e coiso-e-tal (que todos nós sabemos) mas cada vez que há comícios ou outras porcarias do género a senhora é sempre muito aplaudida e está sempre muito sorridente.
Caso para dizer, que algo muito estranho se anda a passar nas cabeças dos habitantes desta bela localidade e que ou são apagadas certas informações de dentro das suas cabeças, ou realmente dentro delas não existe nada...
Ainda vêm uns certos trotskistas falar de um Analfabeto, nada disso! Isto é coisa paranormal!
Enfim, como não quero estar sempre a bater no mesmo ceguinho (senão vêm aqui fantasmas atormentar-me) queria dizer que como sou só uma cuequinha e ainda por cima demasiado transparente que só sirvo para tapar aquilo que está já à mostra, deixo este caso do Bombista que Mata-3-De-Uma-Só-Vez (Câmara, Segurança Social e Tribunal) para investigações dos Ficheiros Secretos...

Dama Pé de Cabra disse...

AhAhAh não deixei de rir com a intervenção da cuequinha fio dental X file....juro aqui a patas juntas que nada foi fruto da minha imaginação...o dito senhor bombista empatou o trânsito até pelo menos às 18.00 que foi a última vez que passei pelo tribunal...depois lá deve ter ido à sua vidinha...afinal aproximava-se a hora da janta e ele só tinha barras de dinamite para comer...enfim...teve um dia inteiro de fama (pelo menos entre os Leirienses) e foi alvo de mais do que uma intervenção neste blog...isso não é para qualquer um!!!
A tal senhor com cara de sopeira e que gosta de apitos, causa mais estragos e nem precisa de bombas... a lógica está caro fio dental, no facto absolutamente "insofismável" que quanto mais polémico é o autarca mais popular se torna, principalmente se fôr polémico no mau sentido...temos aí uma mão cheia deles amados e idolatrados

o borra na cueca disse...

Vou aqui referir uma noticia que já tem alguns dias, mas não vi aqui referida.
que e' o caso da gralha "Mantorras" que foi presa pela GNR.fica aqui um pequeno excerto da noticia.

" Populares de Colmeias em defesa de 'Mantorras'

É uma verdadeira onda de solidariedade aquela que se vive no lugar de Chã, freguesia de Colmeias, Leiria, em torno de 'Mantorras', uma gralha preta que, há cerca de 15 dias, foi levada pela GNR, acusada por uma moradora de ter morto uma galinha."
in Diário de Leiria
FOTO DO PRISIONEIRO

prendem-se pássaros e os verdadeiros criminosos andam à solta...

Dama Pé de Cabra disse...

Claro que essa gralha não me passou despercebida, afinal teve honras de constar não só no Diário de Leiria mas também no Região de Leiria que lhe deu honras de destaque na última página...mais ainda, chegou a circular em roda pé na televisão a terrível notícia da morte da galinha, tendo mesmo o autêntico e genuino Mantorras ponderado um processo contra a gralha mas desistindo à ultima hora por achar que se tratava de publicidade gratuita para ele!

O facto do Mantorras ter tido as honras que teve por ter morto uma estúpida galinha (facto que está por provar)mostra bem por onde andam os jornalistas desta nossa terrinha que não destacam aquilo que devem destacar. O Jornal de leiria fez questão de frizar, que embora tenha organizado os debates dos candidatos à Câmara Municipal com todas as cores políticas, considera que a bem da verdade deveriam ter sido organizados com a intervenção apenas do PS e do PSD, os únicos partidos verdadeiramente entre os quais se disputa a Câmara....estão a querer transformar Portugal num sistema oscilante bipartidário tipo Inglês...até o Mantorras tem mais importância que os ditos pequenos partidos...mais um pouco e era capaz de ganhar a Câmara pela polémica causada e a lágrima fácil no coração sensível dos leirienses

Colibacilo disse...

Pois foi querida Fio dental...apesar de ainda não ter causado nenhuma infecção por aqui, tenho acompanhado o desenvolvimento deste vírus, o Leiriaemcuecas. Pingo a pingo ou gota a gota, ontem também reparei na notícia que a Dama Pé de Cabra aqui deixou. Com a curiosidade que caracteriza qualquer infecção, não tendo sido oportuno a visita "in loco", passei pela net, procurando a tal notícia...e nada...à noite nos noticiários também nada. Só podia ter sido uma notícia "retida", de acordo com ordens dos vírus mais importantes. Não se vá dar o caso de desenvolver um foco infeccioso de controlo difícil, tal como aquela coisa dos militares, das suas mulheres, das manifestações e de todo esse espectáculo mediático a que temos vindo a assistir, que em nada abona nem uns nem outros. Enfim até parece que nada se passa e tudo vai bem. Mais um caso de X-Files

Cavaleiro Andante disse...

Os Incêndios deste País

Por falar em novas e mandadas, este cavaleiro, teve conhecimento que Bruxelas fez um manguito a este reino, no que respeita ao auxílio financeiro ( até versejei), por causa dos incêndios. Não ardeu o suficiente, dizem eles. Ora bem: e agora? A solução está à vista, voltemos a atear os incêndios neste país, que de verde já pouco tem. Quem me acaba o resto!?? Os incêndios este ano queimaram quase 2 vezes mais área florestal do que em igual período em 2004. Entre 1 de Janeiro e 14 de Setembro os 6807 incêndios ocorridos em Portugal Continental, segundo os números divulgados pela Direcção Geral de Florestas, que por este andar passará a D. G. da Terra Queimada, destruíram 255 920 hectares de floresta, quase o dobro do que ardeu no mesmo período em 2004, tendo sido Coimbra o distrito mais afectado, com 46 812 hectares ardidos, seguido por Vila Real e Santarém. Nos registo dos últimos 6 anos, 2005 é o ano com mais área ardida e Agosto último um dos piores meses. Não sei porque esperamos para ajudar o governo a receber mais uns trocos dos fundos de Bruxelas...toca a atear fogo a tudo o que arda por este País fora e deixar arder...Confesso que cavalgar por estas florestas pejadas de cretinos e outras coisas do género me cansa desde longa data, sempre se podia aproveitar e deixar uns quantos dentro da fogueira.

redfish disse...

O pior é se os gajos que guiam os autocarros também gostam da pinga!!! O melhor é mesmo beber menos ou então esperar que passe a carraspana. Deveriam ser obrigatórios nas Discotecas numa campanha de prevenção dos acidentes, os famosos "balões" , e quem acusasse alcool era impedido de entrar no carro. Não é impossível, nem inventei isto agora. Vi a fazê-lo numa perto de Barcelona, com colaboração da polícia, que assim, embora não saque multas, salva vidas

Anónimo disse...

I love the ghost que se urina frequentemente. Tem mais piada que este blog, de facto mas também é mais lírico, o que já são 2 proezas dignas de figurarem nas páginas do JL ( no de Leiria, não do outro )ao lado da ave Mantorras e do vereador da cultura da Câmara.
A sua (dele) ideia de harmonizar a cidade com o estádio é brilhante!! Já vejo o castelo aos quadradinhos multiculores e balizas nas ruas em vez de paragens de autocarro! Os polícias vestidos de árbritos e em cada esquina uma vendedora de povides, pistas de tartan nos passeios....ó meu que pedra...só falta o Johnny Deep com aqueles belos olhos esgazeados a fazer de vereador do desporto com amigos na Lerisport e o David Beckman como bispo de Leiria / Fátima e amigos no Leiria Sad, a ribeira dos Milagres disfarçada de Tamisa e a Drª I. Damasceno vestida de Cleópatra, tudo isto com cenários assim para o "retro", com música dos Silence 4 em altos berros nos altifalantes dispostos de forma estratégica por toda a cidade....ó meu... tu és o maior... olha só o que arranjaste, se os gajos do Bloco descobrem isto ainda adoptam esta ideia para a campanha, e depois vem a CDU a dizer que já a tinham tido antes e assim o Raul Castro perde votos com aquela história dos autocarros para bêbedos, que até é uma ideia com piada, mas nada que se pareça com a tua...ó meu tu não deixes de escrever, pá senão este blog vira um cemitério de ideias, ó meu não me abandones agora que te descobri!!!
O teu mais sincero admirador

Fishgazeadoo da Ribeira

Leiria em Cuecas disse...

Observação para Fantasma Mijão

Nunca pensei adaptar-me a ninguém...cada um tem o seu estilo...em relação ao dia europeu sem carros só serve para deitar poeira ecológica aos olhos dos mais inocentes....o trânsito só é interrompido no Centro e em determinadas zonas de Leiria nem se dá pela diferença...acaba sim por atrapalhar mais do que representa algo de positivo para a população....pequena correcção em relação aos parques periféricos que conheço...são efectivamente gratuitos, se não contarmos com a moeda para o arrumador, refiro-me ao parque onde se realiza o mercado e ao do nosso "estimadíssimo" estádio...só mais uma coisinha, para mim não existem verdades insofismáveis e se foram "insulfláveis" passam a ser mentiras!!!

Sexta-feira, 16 Setembro, 2005

Leiria em Cuecas disse...

Observação para Fantasma Mijão

Nunca pensei adaptar-me a ninguém...cada um tem o seu estilo...em relação ao dia europeu sem carros só serve para deitar poeira ecológica aos olhos dos mais inocentes....o trânsito só é interrompido no Centro e em determinadas zonas de Leiria nem se dá pela diferença...acaba sim por atrapalhar mais do que representa algo de positivo para a população....pequena correcção em relação aos parques periféricos que conheço...são efectivamente gratuitos, se não contarmos com a moeda para o arrumador, refiro-me ao parque onde se realiza o mercado e ao do nosso "estimadíssimo" estádio...só mais uma coisinha, para mim não existem verdades insofismáveis e se foram "insulfláveis" passam a ser mentiras!!!

Sexta-feira, 16 Setembro, 2005

Leiria em Cuecas disse...

cuequinha fio dental said...
Eu só gostava de saber para que serve a Semana da Mobilidade, em que o trânsito estará fechado apenas no Centro da Cidade, se os comodistas dos habitantes desta inteligente cidade se recusam a andar a pé. “Ponha-se a andar” que faz muito bem à saudinha! À sua e à dos outros que escusam de respirar monóxido de carbono em quantidades completamente desmesuradas! Acho que ninguém está aqui a dar importância à vertente ecológica da coisa (ainda que esta esteja muito bem disfarçada e que surja em alturas muito oportunas, sabe-se lá porquê..). Ora pois então eu queria sublinhar a ideia que se não queremos passar 30 minutos a arranjar estacionamento no centro da cidade, se os parques de estacionamento que deveriam ser gratuitos (quanto mais não fosse para os moradores) não o são, se toda a gente em Leiria precisa de respirar e se as mãezinhas precisam de espaço para passear os carrinhos de bebé, os putos de espaço p’rós skates, patins, bicicletas (que vieram dar um novo uso à maravilhosa fonte de betão/mármore/o-que-quer-que-seja), eu gostava de saber porque é que estes “ses” não são acompanhados com projectos de raiz como ouvi alguém a dizer um dia destes que tudo seria facilmente resolvido se houvessem parques gratuitos na zona periférica e transportes públicos que transportassem as pessoas de e para o centro. Pois bem, e eu AFIRMO que isso já existe (e agradeço à Dama Pé de Cabra por relembrar essa questão da moedinha ao arrumador, mas isso é uma outra questão que também teria pano para mangas). Existe o parque do belíssimo monumento que os ingleses vêm a Leiria para visitar (o estádio) e o parque onde se realiza o mercado. Acrescento, porque eu sou uma cuequinha ecológica, que há autocarros que passam de 15 em 15 minutos (tempo real), desde o estádio/mercado até à Fonte Betonizada (ex-Fonte Luminosa) e que as pessoas só andam de carro na cidade, porque são comodistas e não querem mexer o rabinho para andar 10metros do estádio até à paragem de autocarros, porque são imensamente ricas e adoram pagar parques de estacionamento no centro da cidade, porque adoram perder o tempo em que estariam à espera do autocarro a chamar nomes ao outros condutores porque lhes ocuparam o lugar que tinham visto há 10 minutos primeiro. Haja civismo, educação, moral e paciência!
Para concluir, subscrevo o senhor fantasma de cueca mijada, que também acho muita piada (embora não dê para fazer chichi na cuequinha) que se isto da Semana da Mobilidade é um “Ensaio sobre o centro de Leiria se tornar pedonal” (único ensaio não escrito por José Saramago) então também quero saber porque é que existem parques dentro do centro se não vamos andar lá de carro…

Sexta-feira, 16 Setembro, 2005

Leiria em Cuecas disse...

Dear Lady With the Cloven Hoof…as you know a being endowed with magical powers appears one fine day on top of a hill to Don Diogo, a brave knight who fights the Moors and is also a lover of hunting and the pleasures of life. Don Diogo is so taken with the Lady's beauty that even when he finds out her weird foot he has no second thoughts about marrying her… poderia muito bem ser o início de uma nova lenda, mas nem este Fantasma Mijão será o D. Diogo, nem a Dama Pé de Cabra que por aqui aparece será um ser mágico. Apesar desta introdução nada ter com o Alexandre Herculano, também este Fantasma Mijão quer ou pensou que alguém se iria adaptar a quem ou ao que quer que fosse, sendo também defensor do princípio da reciprocidade, acredita no contrário, tal como D. Diogo acreditou na sua amada.
Resulta daqui que a passagem deste Fantasma por esta plataforma de troca de ideias é apenas fantasmagórica, e como tal não alimenta diálogos…os fantasmas não existem no mundo real, apenas referiu os ilustres nomes de quem por aqui se digna a deixar a sua impressão digital, com o respeito que merecem. Surpresa das surpresas ou este blog é curto…ou este blog é pouco interessante. E digo isto porque apesar da sua declaração inicial de ideias parecer um projecto com alguma graça, o certo é que se arrisca a ser um nado morto (mesmo sem o referendo sobre o aborto que o nosso primeiro tem vindo a prometer) porque são sempre os mesmos a escrever…e sempre a bater nos mesmos ceguinhos.
Fica o agradecimento pelos reparos Dama Pé de Graça, digo Cabra, que por si só vieram esclarecer algumas dúvidas que me tinham ficado sobre o que foi escrito sobre os parques de estacionamento a pagar, afinal há parques de estacionamento gratuitos…provavelmente não voltarei a insulflar qualquer verdade insofismável ou quem sabe por que não absoluta, por estas paragens…e já agora cara cuequinha fio dental...apoiado! E porque não...reparo que o estádio é um espinho atravessado...mas deitá-lo abaixo...tão depressa não haverá dinheiro para outro, já que nem há para acabar o que falta...e depois o importante uma espécie de ópio do povo...e o football? o povo tem de libertar um pouco as suas ansiedades...a quem iriam insultar? passariam a carregar as suas angustias e a dilui-las na família, no emprego, no trabalho...sei lá. E como é que teriamos arguidos no caso "apito dourado"...até o Marques Mendes cancelou a sua intervenção agendada par adia 17, porque Leiria anda demasiado nas bocas do mundo ( acho k se enganou quando disse Leiria, parece-me que se queria referir a outra pessoa ). Talvez não seja a melhor solução deitar abaixo e como disse Lavoisier, na natureza nada se perde tudo se transforma...harmonizar o estádio com a cidade, rentabilizar, não só de forma financeira mas tentando caracterizar o estádio como um instrumento ou um meio que permita aos leirienses e a toda a gente que dele pretenda usufruir, desde o desporto à cultura ou aos espectáculos, rentabilizar aquele "mono".

Sexta-feira, 16 Setembro, 2005

Leiria em Cuecas disse...

Anonymous said...
I love the ghost que se urina frequentemente. Tem mais piada que este blog, de facto mas também é mais lírico, o que já são 2 proezas dignas de figurarem nas páginas do JL ( no de Leiria, não do outro )ao lado da ave Mantorras e do vereador da cultura da Câmara.
A sua (dele) ideia de harmonizar a cidade com o estádio é brilhante!! Já vejo o castelo aos quadradinhos multiculores e balizas nas ruas em vez de paragens de autocarro! Os polícias vestidos de árbritos e em cada esquina uma vendedora de povides, pistas de tartan nos passeios....ó meu que pedra...só falta o Johnny Deep com aqueles belos olhos esgazeados a fazer de vereador do desporto com amigos na Lerisport e o David Beckman como bispo de Leiria / Fátima e amigos no Leiria Sad, a ribeira dos Milagres disfarçada de Tamisa e a Drª I. Damasceno vestida de Cleópatra, tudo isto com cenários assim para o "retro", com música dos Silence 4 em altos berros nos altifalantes dispostos de forma estratégica por toda a cidade....ó meu... tu és o maior... olha só o que arranjaste, se os gajos do Bloco descobrem isto ainda adoptam esta ideia para a campanha, e depois vem a CDU a dizer que já a tinham tido antes e assim o Raul Castro perde votos com aquela história dos autocarros para bêbedos, que até é uma ideia com piada, mas nada que se pareça com a tua...ó meu tu não deixes de escrever, pá senão este blog vira um cemitério de ideias, ó meu não me abandones agora que te descobri!!!
O teu mais sincero admirador

Fishgazeadoo da Ribeira

Terça-feira, 20 Setembro, 2005