terça-feira, abril 08, 2008

Extrema Direita no banco dos réus


Se um fascista incomoda muita gente, 36 incomodam muitos mais.

A malta que não gosta de pretos, nem de comunas, e muito menos de comunas amigos de pretos e vice versa, está à espera de clemência do tribunal que os vai julgar, que de certeza terá muito mais respeito por eles do que eles teriam por qualquer de nós. É bom que assim seja. Mesmo para que essa irracionalidade que é o nazismo seja denunciado e combatido, é bom que esses energúmenos sejam julgados com toda a isenção possível, e que o julgamento seja público e devidamente divulgado. É bom que os crimes desses sevandijas sejam tornados públicos, para que a população em geral se aperceba do grau de selvajaria a que os que se proclamam de "defensores da civilização" podem chegar. Mesmo que haja quem em nome não se sabe bem de quê venha branquear os seus desvarios.

Que sejam julgados. E bem condenados. Fizeram por isso!!


Redfish

Acrescento :

O que mais me impressiona é que no seculo XXI, depois da "descodificação do ADN"(?), ainda existam pessoas que aceitem que a cor da pele pode ser elemento diferenciador( separador) do entendimento entre as pessoas.

Que não percebam que o que nos" diferencia", o que nos afasta, é este execrável sistema que só se preocupa com o lucro e não com as pessoas!
Racismo, hoje, não é opção politica nenhuma, é pura e simplesmente UMA PROFUNDA E IMPERDOÁVEL IGNORÂNCIA!



tristaki

4 comentários:

Só para contrariar disse...

Só para Contrariar

Quando falamos de racismo também temos de ter em linha de conta um tipo de racismo que não foi abordado aqui...o racismo dos negros em relação aos brancos....ninguém se lembrou disso e garanto, porque já vi, é muito pior que o inverso!
Eu pessoalmente confesso-me profundamente racista em relação à raça humana...prefiro de longe os animais..isso é qualquer coisa de que não me envergonho, tem a ver com a minha apreciação da natureza humana...em todo o caso existe um tipo de racismo particular dentro deste racismo genérico de que me envergonho...trata-se de uma aversão visceral contra judeus e chineses...o que fazer? como posso ultrapassar esta aversão a duas raças que têm um total desprezo pelos direitos humanos? duas raças que têm um prazer especial em espezinhar e matar o seu semelhante, embora uma delas o faça sob uma capa de aparente subserviência? infelizmente é um estigma que tenho que carregar...ser uma militante de extrema esquerda e no entanto ousar ser racista....será que terei de ser submetida a um tratamento de choque? será que tudo se resolverá se for amarrada a uma cadeira e obrigada a ver filmes em que os israelitas andam aos beijinhos a palestinianos ou em que os chineses andam aos beijinhos a eles próprios?
Ná...o racismo não é uma manifestação característica da direita..é algo que cala mais fundo em cada um de nós...

Não deixes andar disse...

Este comentário "da só para contrariar", para já demonstra uma grande coragem! quanto a mim só com posições claras que possam permitir a discussão destes tabus a nivel da Esquerda é que se poderão dar alguns passoa.Todavia, quero afirmar muito claramente de que não compartilho da opinião da Sra, "só para contrariar". Poder-lhe-ia citar muitas situações conhecidas por mim de muitas vivências mas, terei que rematar de encontro ao que afirma e desta vez muito bem o "esquerdalho"do redfisch..UMA PROFUNDA E INTOLERÁVEL IGNORANCIA .

Tonecas Melga disse...

Crematório com esta cambada toda !

Só para contrariar disse...

Só para contrariar

Agora é que falaste bem! não é que eu quero mesmo ser cremada!!! O tonecas melga tem capacidades adivinhatórias! (olha para ele com admiração mal contida)
aproveito só para acrescentar que prefiro sê-lo no canil ou gatil municipal porque nos outros fornos crematórios passa muita gente da tua raça e não queria ver o meu corpinho misturado com tal cambada!