quarta-feira, setembro 10, 2008

Ribeira dos milagres 2





JÁ NÃO SÃO NOVAS, MAS INFELIZMENTE SÃO HABITUAIS. vALEM MAIS QUE MUITAS PALAVRAS.

ATÉ QUANDO?

4 comentários:

Anónimo disse...

Até quando nós quizermos! Temos que arrancar com um movimento, apartidário e unitário, que leve a desmascarar quem os incobre e que os leve a desistir desta malfadada, desonesta e poluidora actividade: Para o bem de todos!

Mordaki

dlim! dlim! disse...

A ONU pede para não se comer carne!
Logo evita-se a produção em massa da mesma e dos efeitos ambientais nocivos desta actividade.
Por um ambiente melhor, consuma-se peixe, cereais e legumes e cada vez menos carne.

Anónimo disse...

O que vale é que temos um 1º ministro de vistas largas e que está a tratar do vosso assunto;vejam bem a peninsula de Tróia vai de vento em popa,os casinos, que actividade produtiva tão nobre também está a haver proliferação em barda.Hipermercados ícones da alta tecnologia invenção desse grande génio da esfera produtiva belmiro de azevedo e,em breve o vosso problema está resolvido.Se não estiver,olha,que se fodam...
Quem é que vos manda votar nesses cabrões,ainda não aprenderam?Fosca-se.?$"!"(«)\|

Anónimo disse...

Merda,muita merda!Mas,isto não é um teatro?....