segunda-feira, janeiro 07, 2008

Luís Pacheco f....oi-se!!!

" Gosto muito de Caldas da Rainha. É uma terra muito bonita que tem
um parque muito catita. Com cisnes......
....Esta a razão por que nos roteiros turísticos lá vem indicado a normando que Caldas da Rainha é a terra onde desaparecem mais criancinhas. Todos os forasteiros o sabem; os indígenas é que fingem disfarçar."

O CASO DAS CRIANCINHAS DESAPARECIDAS
Luiz Pacheco

É bem verdade, Luiz Pacheco foi-se, e de vez!
Amado por uns, detestado por outros, mas cagando-se para todos!
Li muito dele, e alguma coisa sobre ele e acredito em tudo o que li.
Há muitos anos, esteve internado nos HUC em Coimbra ( para aí em 1976/77, não consigo precisar), e uns garotos (eh! eh! eh!) que o admiravam foram visitá-lo, numa manifestação de solidária e fraterna veneração! Pois o gajo correu-os a insultos. Julgam que os parvos deixaram de gostar dele? Pois bem, não, continuaram a gostar do tipo e a lerem-lhe os livros!
Agora, que já esticou, vai-nos fazer muita falta, e ao país, é o costume. É certo, fica o que escreveu, e para muitos será o mais importante. Estou convicto, porém, que se ele pudesse agora responder sobre a falta que ele, Luiz Pacheco, nos fará, responderia: "Esse gajo? Puta que o pariu!!"

Redfish

3 comentários:

soliletras disse...

Nunca tinha visto um gato escrever assim.
O meu avô também gosta de animais e até me ajuda no meu blogue.
Gostei muito de aqui vir, às escondidas dos meus pais. vou-me mas é deitar antes que eles espreitem.
beijinho.

mordaki disse...

Estás com a imaginação no máximo.

Gostei, francamente!


mordaki

amigos tenho-os as medidas de um copo disse...

nao tenhas a certeza... podes ter a garantia.. o pacheco era o primeiro a reconhecer-se, ao contrario de todos nos.. vou sentir a flata dele, de o poder ler, e de saber que se nao fosse gaja nao era bem vindo na companhia dele nakele "hospital" que foi a sua ultima morada... vou ter saudades de receber noticias de amigas a dizer que estava na mesma, vivo...
um abraço para ele de alguem que usa o caxecol do artista...